Planejamento Estratégico | 5 MINUTOS PARA LER

7 desvantagens das redes sociais para sua empresa

desvantagens das redes sociais

As redes sociais se tornaram parte da rotina da maioria das pessoas, o que antes eram plataformas de interação, hoje são utilizadas por diferentes motivos devido a variedade de funções que oferecem.

Com isso, muito se fala da importância de as empresas estarem presentes nessas mídias e conversarem com o seu público-alvo. Porém, quase ninguém se atenta às desvantagens das redes sociais pode trazer para uma marca.

Quer conhecer quais são os pontos negativos das redes sociais para uma empresa? Continue a leitura. Preparamos um conteúdo com as principais desvantagens das redes sociais e como evitá-las. Veja:

Conteúdo

Quais são as desvantagens das redes sociais para as empresas?

Os problemas do uso das mídias sociais estão relacionados a falta de uma boa gestão, ou seja, a contratação de profissionais exclusivamente para cuidar da presença online da marca nas redes.

Logo, é importante conhecê-los para saber como solucionar e tornar as redes uma forma de oportunidade e não deixar as desvantagens das redes sociais afetar seu negócio. Conheça agora quais são as principais desvantagens das redes sociais para sua marca:

1. Exigem uma frequência de postagens

Uma das principais desvantagens das redes sociais para as marcas é que elas exigem dedicação para manter as contas atualizadas. Para criar uma presença digital a empresa precisa investir em uma frequência alta e constante de postagens.

Isso porque, se o potencial cliente entra na página da marca e o último post é de muito tempo atrás, pode causar a sensação de uma rede social abandonada. Com isso, a empresa perde a credibilidade com o consumidor.

Então, se os gerenciadores não têm como direcionar um profissional para cuidar especialmente das mídias sociais, precisa tomar cuidado. Afinal, de nada adianta uma página que não é atualizada.

2. Cuidado na produção de conteúdo

Além de estar atento à quantidade de postagens, as empresas devem também cuidar do conteúdo oferecido ao público das redes sociais. Pois, a escolha errada de assuntos e a forma de abordagem pode prejudicar a imagem da marca.

A produção de conteúdo irrelevante aos consumidores os distancia da empresa, algo que ninguém deseja. Por isso, é preciso evitar postagens que repetem o mesmo tema ou não conversam com os interesses do público-alvo.

Lembre-se que as redes sociais não servem apenas para divulgar produtos e serviços, mas sim criar uma conexão com o cliente para aumentar as chances de conversão e fidelização.

3. Exposição a críticas

Outro ponto que não é legal das mídias sociais é que elas deixam qualquer um exposto a críticas, inclusive as empresas. Já que, os comentários são abertos e outras pessoas podem ler as opiniões ali colocadas.

Dessa forma, a marca fica sujeita a sofrer consequências do compartilhamento de pensamentos sobre algum produto ou serviço que oferecido, que não necessariamente é verdade, mas que os usuários da internet podem acreditar.

Além do risco de viralizar por um motivo negativo, ou seja, caso a empresa faça alguma postagem que alguém considere ofensiva e acabe se espalhando de forma muito rápida pelas plataformas digitais, prejudicando a sua imagem.

Social mídia

4. Vazamento de informações privadas

As redes sociais ainda não são consideradas totalmente seguras quando falamos da privacidade de dados. Os usuários precisam tomar cuidado para não sofrerem com o vazamento de informações, ainda mais se forem uma conta de empresa.

Essa falta de segurança é motivo até mesmo de processos jurídicos devido à exposição de dados por parte de plataformas conhecidas da internet. O Facebook é um exemplo.

Além disso, não são só os proprietários da empresa que estão suscetíveis a esse problema, as informações privadas dos clientes também podem ser vazadas. Algo que pode gerar um conflito ainda maior.

5. Falhas na comunicação

A presença de uma marca nas redes sociais tem como um dos objetivos aumentar o relacionamento com o cliente. Porém, a falta de uma administração correta pode fazer justamente o contrário e provocar problemas de comunicação.

Isso porque, é essencial que haja um profissional disponível para responder as mensagens enviadas pelos consumidores. Pois, quando não recebem um retorno da empresa, perdem a confiança e credibilidade na marca.

Logo, se for para estar nas mídias sociais, invista na gestão das plataformas. Esteja atento aos clientes e sempre atualizando informações, evite que o público se sinta ignorado pela empresa.

6. Demora no retorno de investimento

Quando as marcas planejam ações estratégias de marketing geralmente buscam por resultados a curto prazo, a fim de que o investimento com lucro retorne para as contas da empresa o mais rápido possível.

Porém, quando falamos de redes sociais é preciso um pouco mais de paciência para notar respostas nas campanhas e por isso, podemos citar esse fator também como uma desvantagem para os gestores de marca.

Quando falamos de ROI (Retorno sobre investimento) em estratégias de redes sociais para as marcas, conseguimos mensurar mais o valuation de uma marca do que propriamente dito as vendas e aquisição de leads.

social media o que faz

7. Olhares da concorrência

Por fim, a última desvantagem que vamos comentar é sobre como a marca fica exposta aos olhares da concorrência na rede social. Ou seja, é mais fácil para as empresas que disputam mercado com o seu negócio analisarem as suas estratégias, assim como você também tem acesso ao deles.

Isso não é somente uma desvantagem para as redes sociais, mas para empresas que estão inseridas no mundo digital.

Por meio das suas postagens nas mídias, os concorrentes podem descobrir os principais métodos utilizados para conquistar e reter clientes, criando ações para barrar ou superar essas estratégias.

Logo, é necessário que os profissionais estejam aptos a aproveitar o melhor que as plataformas podem oferecer, a todo momento inovando para que você esteja sempre na frente da concorrência.

Conclusão

Depois de tudo aqui abordado, fica evidente que as redes sociais apresentam algumas desvantagens e por isso exigem um cuidado especial no gerenciamento por parte das empresas.

É claro que a presença online é importante e ajuda na construção da jornada do cliente e no relacionamento desse consumido com a marca. Porém, não basta apenas criar contas nas principais plataformas sem entregar conteúdo relevante ao público.

Por isso, a recomendação é contratar uma equipe de profissionais para se dedicar à atualização da página e garantir que ela seja uma fonte de oportunidade para a sua empresa crescer ainda mais.

Clique abaixo e solicite uma avaliação gratuita de 30min para sua(s) redes sociais.

Ahh! Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter