Marketing Digital | 7 MINUTOS PARA LER

Growth marketing: o que é, como funciona e 5 dicas de como aplicar

what is growth marketing

O Marketing é essencial para o crescimento das empresas, elaborar ações eficientes ajuda na conquista dos principais objetivos de uma marca, como aumentar o número de vendas.

Dentro dessa área, existem diferentes metodologias que buscam criar uma conexão e fidelizar os clientes. É o caso do Growth Marketing, uma estratégia ousada que tem ganhado força.

Quer conhecer mais sobre o Growth Marketing? Logo abaixo você vai entender melhor o que é, como funciona e como elaborar um plano de sucesso nesse método. Vamos lá!

Conteúdo

O que é Growth Marketing?

O Growth Marketing é uma estratégia que busca o crescimento exponencial de uma empresa, para isso são desenvolvidas ações de atração, retenção e fidelização de clientes.

Essa metodologia é ideal para os negócios disruptivos que procuram uma forma inovadora de aumentar a receita. Por isso, tem chamado muito a atenção das chamadas Startups.

Embora ofereça muitos benefícios, o Growth Marketing não é indicado para qualquer empresa e sim para aquelas que estão dispostas a arriscar em novas táticas.

Ao contrário do que se acredita, o marketing de crescimento não tem foco apenas em novas vendas. O objetivo é conquistar consumidores fiéis da marca para que façam compras com frequência e gerem receita para a empresa.

O que faz área de Growth?

A área de Growth, como o próprio nome já diz em sua tradução, tem como foco principal o crescimento das empresas. Esse setor do marketing tem ganhado força por meio de estratégias inovadoras.

Nas instituições que possuem uma equipe destinada a esse objetivo, os profissionais de Growth direcionam e se responsabilizam por testar as estratégias elaboradas.

Além do Growth Marketing, você provavelmente já ouviu falar do Growth Hacking. Embora partam da mesma ideia, possuem características que as diferenciam entre si.

Diferença entre Growth Hacking e Growth Marketing

Se você deseja aplicar esses métodos na sua empresa, é importante compreender que o Growth Hacking está dentro do Growth Marketing, mas que não se trata da mesma coisa.

Enquanto o marketing de crescimento (Growth Marketing) busca diversas áreas para o desenvolvimento da empresa, o Growth Hacking é uma das formas de se atingir esse almejado crescimento.

A função desse método é testar novas experiências para a marca, como testes de diferentes conteúdos, designs, tipos de anúncios e mensagens a serem divulgadas aos clientes.

Confira quais são as principais diferenças entre Growth Hacking e Growth Marketing:

Tempo para atingir resultados

A primeira coisa que diferencia os dois termos é o tempo que leva para as estratégias entregarem resultados e os profissionais de ambas as áreas têm consciência disso.

Enquanto o Growth Hacking busca por resultados imediatos, ou seja, a curto prazo, o Growth Marketing prioriza os resultados atingidos a longo prazo. Isso acontece devido a diferença de abordagens.

Estratégias utilizadas na conquista de metas

O objetivo da área de Growth é o crescimento da empresa, como você já sabe, porém, para aumentar o número de vendas e conquistar as metas, existem diferentes formas.

No Growth Marketing o foco é no fortalecimento e reconhecimento de marca, priorizando manter os clientes da empresa satisfeitos e comprando com frequência do que investir em captar novos consumidores.

Para isso, a conexão emocional e o relacionamento pessoal são utilizados como estratégia para fidelizar os clientes. Afinal, manter um consumidor ativo é mais barato do que trazer novos.

Já no Growth Hacking, a forma com que as metas são atingidas não é a prioridade, o objetivo é conseguir o número de vendas estipulado, independente da estratégia utilizada.

Além disso, nesse método ao invés de focar nas relações pessoais, a tecnologia é a principal aliada na conversão de vendas e geração de lucros. Ou seja, tanto o Growth Marketing quanto o Hacking têm um papel importante.

Como aplicar Growth Marketing?

Para implementar ações de Growth Marketing como estratégia de sucesso na sua empresa, alguns fatores precisam ser levados em consideração. Desde pensar nos seus consumidores até os canais utilizados.

Confira agora como fazer um bom Growth Marketing passando por todos os pontos necessários:

1 - Defina o público-alvo

Conhecer bem os seus consumidores e saber identificar corretamente o seu público-alvo é fundamental em todas as estratégias de Marketing, aqui não é diferente.

Saber apenas a idade e a classe social dos clientes não é o suficiente, é preciso pensar em dados mais característicos como o estilo de vida, gostos pessoais, nível de escolaridade e etc.

Nessa análise você pode perceber mais de um grupo de consumidores, é algo comum principalmente nos segmentos mais genéricos. Nesses casos, é preciso escolher qual grupo oferece melhor potencial de negociação.

Depois de definir o público-alvo, ainda é possível dividi-lo de acordo com os nichos de audiência que cada cliente faz parte. Diferenciando as vontades e necessidades de cada um.

digital marketing course

2 - Saiba quem são seus potenciais clientes

No Growth Marketing a generalização do público não é o suficiente, é preciso estudar a fundo quem são os potenciais clientes da empresa, analisando todas as informações relevantes.

Uma das formas de fazer isso é no próprio negócio, desenvolvendo pesquisas para os consumidores responderem em trocas de benefícios como desconto ou brindes. O tradicional que funciona.

O meio online também oferece diversas ferramentas que possibilitam coletar esses dados, as próprias redes sociais podem ser utilizadas com esse objetivo de conhecer melhor os clientes.

3 - Escolha plataformas assertivas

Hoje em dia grande parte das estratégias é com foco no digital, por isso é preciso escolher com cuidado quais serão as plataformas utilizadas para atingir os objetivos da empresa.

O ideal é definir aquelas plataformas em que o seu público-alvo está presente, podendo criar uma maior conexão com os consumidores por meio de interações e atrair também novos clientes.

Entre as mais utilizadas do momento podemos citar o Instagram, o Twitter, o Youtube, o TikTok e até mesmo o Facebook. Basta escolher a que melhor se adequa.

4 - Priorize um bom conteúdo

Os profissionais de marketing de hoje já sabem da importância da criação de conteúdo para a marca. Porém, não basta fazer, é preciso pensar na qualidade e variedade.

Devido às diversas ferramentas disponíveis na internet, vários tipos de conteúdo podem ser desenvolvidos. São recursos de áudio, imagem, textos, e-books e tantos outros.

Por isso, a dica é sempre variar nas opções, não ficar sempre no mesmo. O consumidor pode enjoar e ter até uma imagem negativa da marca pela falta de criatividade.

Invista em novidades que possam causar a interação entre os clientes e a empresa, como sorteios, cupons de desconto, tutoriais, pesquisas, vídeos de animação, enfim, aposte na originalidade.

5 - Utilize de indicadores de desempenho

Uma etapa muito importante no sucesso do Growth Marketing é o monitoramento das ações testadas, a fim de descobrir se os resultados têm sido satisfatórios ou não.

Como o grande objetivo é aumentar os lucros, gerando mais vendas, o ideal é utilizar indicadores de desempenho com foco na conversão de vendas. Os chamados KPIs ajudam nessa análise.

Se as estratégias não atingirem as metas, é possível ajustar ou então partir para diferentes ações. Sempre buscando a otimização.

growth marketing strategies

Marketing e Growth

Após todas essas informações você pode estar se perguntando qual a diferença entre o marketing tradicional e o growth. Algumas características diferenciam os dois termos.

A principal diferença entre os dois está nas estratégias executadas, enquanto um é mais conservador, o outro procura inovar nas ações elaboradas.

O marketing tradicional utiliza de ferramentas e experiências já testadas e comprovadas com resultados positivos. Procurando mais segurança nas estratégias propostas.

Já o Growth Marketing investe em testar novas ideias, estratégias mais ousadas que ainda não foram comprovadas no mercado. Por isso, é mais adotado nas empresas disruptivas como as startups.

Além disso, no Growth busca-se atingir resultados em curto prazo, aumentando exponencialmente as vendas, enquanto na metodologia tradicional é pensado mais a longo prazo.

Conclusão

Diante de tudo aqui comentado, foi possível perceber que o Growth Marketing é uma estratégia com o objetivo de crescimento da empresa, ou seja, aumentar suas vendas e lucros.

Para isso, as ações desenvolvidas buscam além de conquistar novos clientes, fidelizar aqueles que já fizeram compras, mantendo-os em um relacionamento duradouro com a marca.

Esse método tem revolucionado a gestão de vendas e parece estar ganhando cada vez mais adeptos. Afinal, é uma opção para quem quer atingir suas metas com sucesso.

E você, gostou da proposta do Growth Marketing? Utilize essas informações para tornar a sua empresa ainda mais lucrativa!

Junte-se a mais de 50.000 empresários

Seja o primeiro a saber quando publicarmos um novo post!

Ahh! Gostou deste artigo? Não esqueça de compartilhar.
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter